24 de outubro de 2019

DIA DAS NAÇÕES UNIDAS

DIA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INFORMAÇÃO.

Ato Oficial de Lançamento para a mídia da Propositura à Candidatura ONU - UNESCO do fato histórico como Patrimônio Material e Imaterial da Humanidade: “Novus Orbis - Amerigo Vespucci - Rotas Expeditórias o Brasil no Continente Americano”. 

 

Foi solicitado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, através do ARQUIVO NACIONAL Instituição constituída em 1838, para dar o Apoio Institucional, Operacional e Técnico na candidatura como Patrimônio da Humanidade junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Ato Oficial -  apresentação da programAÇÃO HISTÓRICA – PÁTRIA AMADA BRASIL

Novembro 5 (3ª feira) – DIA DA CULTURA E DO CINEMA NACIONAL (Brasil).

 

“AMERIGO VESPUCCI - NOVUS ORBIS - 515 565 520 ANNI – QUE HISTÓRIA É ESSA? " – ATO OFICIAL, LANÇAMENTO NO ARQUIVO NACIONAL.

A origem de nossas nominações iniciais do território nacional - foi pelos rios, cabos e baías tendo AMERIGO VESPUCCI como fio condutor. Como o Rio São Francisco, que transpassa os Estados da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas e Sergipe seu descobrimento é atribuído ao florentino Amerigo Vespucci, que navegou em sua foz em 1501 em 4 de outubro e em outra expedição, em 1503.

 

“Novus Orbis - Amerigo Vespucci - Rotas Expeditórias o Brasil no Continente Americano” é propositura de Candidatura para UNESCO como Patrimônio Material e Imaterial da Humanidade, nestes 565 anos de seu nascimento em 9 de março de 1454 em Firenze na Itália, e os 515 anos de sua cidadania espanhola no ano de 1505 até 1512, em 22 de fevereiro com sua morte. E, principalmente, o encerramento de um ciclo de datas que são os 515 anos de suas Rotas Expeditórias pela coroa portuguesa entre 1501 a 1504, ou seja, de 2016 até 2019, de nominações de rios, cabos e baías que hoje formam os Estados da Federação correlacionados aos fatos históricos Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Sergipe, Bahia, Espírito, Rio de Janeiro, São Paulo.

AMERIGO VESPUCCI - ROTAS EXPEDITÓRIAS

Nasceu em Firenze – Itália  no dia 9 de março de 1454, em 1505 migrou cidadania para Espanha e morreu em 22 de fevereiro de 1512 em Sevillha , cidadão espanhol.  
Antes disso entre 1499 e 1504 esteve em significativas passagens no Brasil, no período dos descobrimentos quinhentistas.  
 
Segundo alguns historiadores, realizou duas, três; outros ainda, quatro viagens e como era de costume foram sendo denominados aos locais descobertos nomes de santos católicos. Chegando em 1499 no Rio Amazonas , atual Estado do Amazonas, pela Coroa Espanhola, e pela Coroa Portuguesa em 1501 a 1504. 
 
Desta forma, comemoramos em 2016, 2017, 2018 e 2019 - os 515 anos da chegada em todas estas regiões e das nominações territoriais, sem lhe dar  o crédito junto as  Escolas da Rede Municipal, Estadual e Federal; sequer das Regiões correlacionadas ao “Fato Histórico”  ligando as populações habitantes a esta Personalidade  Vulto  da   História  da Humanidade.  Portanto , faz - se determinante este r e conhecimento pela UNESCO. Segue as localidades que estarão completando 515 Anos dos Descobrimentos e Nominações de Regiões do Brasil, hoje localizados como Estados da Federação: 
 
1501 - Estado do Rio Grande do Norte em 16 de agosto ancorou na Praia de Marcos, denominado Ca
bo de São Roque . O contato com os nativos não foi amistoso e os viajantes puderam ver um dos marujos ser devorado pelos índios.  

Estado de Alagoas em 29 de setembro, Vespúcio assinalou o Cabo de Santo Agostinho.
* Estado de Pernambuco os rios a que chamou São Miguel, São Jerônimo no território percorrido; a 4 de outubro denominou S
ão Francisco o Rio então descoberto.

* Estado de Sergipe o Rio Real .  

* Estado da Bahia em 1º de novembro denominando-o de Baia de Todos os Santos.

* Estado do Espírito Santo, o Rio São Mateus.
* Estado do Rio de Janeiro em 21 de dezembro no Cabo de São Tomé – Campos de Goytacazes  e Macaé .  


Chegando em 1502, desta forma comemoramos em 1 de janeiro  de 2017, os 515 anos da chegada à região, hoje denominada Estado do Rio de Janeiro , além de Itaguaí, Mangaratiba , entre outras cidades e dia 6 em Angra dos Reis e Paraty.


* Estado de São Paulo, em 20 de janeiro São Sebastião, São Vicente e Cananéia.  

 
E entre 1503 e 1504, desta forma 2018  a 2019, os 515 anos da chegada à região do litoral Nordestino. 


E no Estado do Rio de Janeiro na região das atuais cidades litorâneas de Cabo Frio, Armação dos Búzios, entre outras cidades o Arraial do Cabo Frio , antiga Praia da Rama , atual Arraial do Cabo , chegando até a Baia da Guanabara . 

 

Fernando de Noronha , atual Estado de Pernambuco
 
A Convenção definiu também que o Patrimônio Natural é formado por monumentos naturais constituídos por formações físicas e biológicas, formações geológicas e fisiográficas, além de sítios naturais. Nele a proteção ao ambiente, do patrimônio arqueológico, o respeito à diversidade cultural e às populações tradicionais são objeto de atenção especial. 
 
Nesse sentido, a  Lista de Patrimônio Mundial reside na conformação de um patrimônio comum, partilhado entre todos os países. Sua constituição é o resultado de um processo onde os países signatários da Convenção indicam bens culturais e naturais a serem avaliados. Tais sugestões contemplam a chamada Lista Indicativa, que é um inventário usado como instrumento de planejamento para preparação de candidaturas. 
 
As informações sobre cada candidatura são avaliadas por organismos técnicos consultivos, segundo a natureza do bem em questão, e a aprovação final é feita anualmente pelo Comitê do Patrimônio Mundial, integrado por representantes de 21 países.  
 
Manual - Para dar maior visibilidade aos sítios brasileiros declarados Patrimônio Mundial, em 2013, o IPHAN – Instituto do Patimônio Histórico e Artístico Nacional e UNESCO no Brasil lançaram o Manual de Sinalização do Patrimônio Mundial no Brasil – Orientações Técnicas para Aplicação.  
 

Esta "Personalidade Vulto da História da Humanidade", merece o meritório reconhecimento do Estado, através dos Poderes Legislativo e Executivo Federal, Estadual e Municipal, um dever pátrio, da República Federativa do Brasil; junto aos Países correlacionados a vida, rotas expeditórias e morte de AMERIGO VESPUCCI, através da promoção e informação às gerações de seu legado como: “Herói da PÁTRIA AMADA BRASIL”.

 

 

 

© 2023 por Nome do Site. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now